Seguidores

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

O castigo



Yeshua, como era chamado meu Senhor. Cada dor, cada sofrimento, cada sentimento foi por Ti.

                 Dor no coração, dor na alma, dor que acalma dor no coração, dor no sentimento, mas um coração que requer coragem, mas fala sobre o nosso amor entre um pai e um coração de um filho que aprendeu a viver uma história de lembranças e sofrimentos constantes. As lembranças de amor interno e externo me fez revisitar lugares que achei que já não mais existissem dentro do meu coração. Lugares escuros, pensamentos desequilibrados, mas ainda bem que depois da lua vem o sol e depois da escuridão vem à luz diante do Senhor. As lembranças do meu coração ao meditar meus pensamentos não é controlar o meu corpo, sim não deixar que eles nos controlem, esse é o meu desafio.


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019




Boas compras.

https://www.clubedeautores.com.br/

11. Á TENTAÇÃo


       A SUA ESCOLHA.         
     Um dia o filho aprende que o amor do pai é pra sempre na sua existência. O conselho de um pai é algo que não aprendemos com ninguém, por isso escute o seu pai, receba seus conselhos em vez de esperar que o mundo lhe mostre um conselho. Como meu pai dizia: “O mundo ensina, mas o verdadeiro ensinamento vem daquele que está perto de você”. Onde mostra a verdade que necessitamos e um silêncio ao seu redor para poder ouvir a voz do seu coração. Para que eu pudesse te conhecer, você se foi meu velho. A vida mostra uma nova história para mim depois da sua ida ao caminho do Senhor, á tentação foi constante em meu coração de filho, mas obrigado Senhor por toda aprovação que me pôs diante desse mundo e ainda que está vir e oro sempre pedindo misericórdia diante do meu coração.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

A paz do Coração


      Dor no coração, dor na alma, dor que acalma dor no coração, dor no sentimento, mas um coração que requer coragem, mas fala sobre o nosso amor entre um pai e um coração de um filho que aprendeu a viver uma história de lembranças e sofrimentos constantes.As lembranças de amor interno e externo me fez revisitar lugares que achei que já não mais existissem dentro do meu coração. Lugares escuros, pensamentos desequilibrados, mas ainda bem que depois da lua vem o sol e depois da escuridão vem à luz diante do Senhor. As lembranças do meu coração ao meditar meus pensamentos não é controlar o meu corpo, sim não deixar que eles nos controlem, esse é o meu desafio. A mente virou minhas lembranças dentro do meu coração, mas aprendi que está em minhas mãos ao escrever algo sobre o meu passado que estava escondido dentro da minha alma. Quando estamos bem perdidos, sem conseguir retornar a uma atitude mais relaxada e amorosa, uma boa saída é sorrir por dentro, mas apenas perceber como estamos desequilibrados. Uma lembrança nos arrasta toda vez que não é visto a fé é espiritual ao nosso redor. Assim, busco a paz do meu coração diante das minhas orações.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019




Este é para você, Papai.
Nem sempre podemos
ser um filho que escuta,
mas podemos ser um filho
na presença que ele necessita.
James Freire



https://www.estantevirtual.com.br/wtrlivros/james-freire-o-coracao-de-um-filho-1523955617







https://www.estantevirtual.com.br/wtrlivros/james-freire-o-coracao-de-um-filho-1523955617


sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

A lágrima dos olhos



– Um sentimento. Uma dor. Uma esperança. Uma certeza diante do meu coração. – Então comecei a escutar o meu coração, a silenciar e acalmar meu pensamento. Com isso estaria mais próximo do meu pai, mas ao escrever descobri algo importante na minha vida. Um coração de um filho solitário mais próximo da felicidade, do amor, mas a certeza disso tudo é que me leva a viver o princípio de amor com a escrita através da minha alma que poderia sentir pelo coração da esperança de uma conversa entre nós. Neste sentimento estava entendendo esse diálogo que eu, você nunca tivemos no dia a dia por causa do seu trabalho. – Então um pergunta diante do meu coração, antes que as lágrima dos olhos caísse como uma chuva diante dele! – Olhei para ele e disse: – Sei pai, mas porque isso agora? – Uma pergunta sem resposta para meu coração de filho, uma dor surgiu em minha mente na qual passaria anos sem resposta, mas lutando contra as minhas dores que surgiram depois de sua partida. A lágrima dos olhos, um sentimente de dor e felicidade diante do meu coração na presença de Cristo. 



segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

A BUSCA

As lembranças do meu coração ao meditar meus pensamentos não é controlar o meu corpo, sim não deixar que eles nos controlem, esse é o meu desafio. Senti-me em um jogo onde meus pensamentos eram adversários do meu coração e o objetivo era conseguir a lembrança da minha vida passada com o meu pai. Foi difícil. Teve estresse. Teve sofrimento. Teve pânico. Teve muita dor interna. Os olhos tremiam, a solidão falava, e muitas noites sombrias. A mente virou minhas lembranças dentro do meu coração, mas aprendi que está em minhas mãos ao escrever algo sobre o meu passado que estava escondido dentro da minha alma. Foi então que tomei consciência de que ele se foi muito cedo, mesmo que não me lembro de muito bem das coisas quando criança, mas as minhas lembranças vêm trazendo algo inexplicável dentro do meu coração. 1 Nesse instante as minhas lembranças ganhavam vida em meu coração naquela noite única em oração, a busca diante da palavra de Deus…


1 Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, é como a semente que caiu à beira do caminho: vem o Maligno e rouba o que foi semeado dele.
EVANGELHO SEGUNDO MATEUS, 13: 19.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019



Estante  Virtual

Já á vendas: www.estantevirtual.com.br


Acesso:


https://www.estantevirtual.com.br/wtrlivros/james-freire-o-coracao-de-um-filho-1523955615

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019




Livro: O CORAÇÃO DE UM FILHO

Só não pode parar de amar



1
2
3
4
5

Por: James Freire

Sinopse

Eu tinha sentido isso, mesmo antes de ver ele morrer. Era algo distante do meu coração e, muito diferente para eu conseguir imaginar em minha vida, mas agora eu vou em busca da verdade diante do meu coração na presença de Cristo que não se resume na ausência do silêncio. Apenas a minha saudade culpando meus pensamentos, meus sonhos, meus desejos e escrevo para que me escute com o coração.

Categorias: Vida CristãOraçãoMensagens 
Palavras-chave: amor, cartas, esperança, fé, saudades

Vida Cristã

O mais recomendados da semana.

                  



A paz do coração

Ano 2007:
        Minutos após sua morte. O que veio na minha cabeça é de ficar com medo de esquecer a sua voz, seu jeito e principalmente nossa conversa no dia a dia. Mas o amor que nos une nos impede de esquecer cada detalhe. Ainda não entendi esta perda. Acho que ainda não estou vivendo esse luto, mas que sei que ele não está mais aqui. Deparo com um sentimento de interrupção inexplicável dentro do meu coração, do meu sentimento de solidão, perceber que não tenho mais eles constantemente aqui, mas os tenho constantes em todos os momentos da minha vida que foi transformado quando nos se aproximamos um do outro para conversar. Por mais que o tempo passe, não vou esquecê-lo. Ninguém está preparado para lidar com a perda, somente quando entendemos que quem amou muito já está do outro lado, sabemos também que ao mesmo tempo, sempre estará do nosso lado. Meu pai faleceu e faço com que ele participe de tudo na minha vida. Sinto-me sem chão, lembro-me do seu sorriso, do seu olhar, da sua enorme dignidade como pessoa. Nunca reclamou do seu sofrimento para ninguém. Tudo que penso e faço, ele está presente na minha vida. Assim, escrevo todos anos antes e após a semana santa: A paz do coração.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

A simplicidade

Ano 2000:
         Um dia depois de sua ida acordei com lágrima no rosto com um sol lindo e maravilhoso, mas a lágrima dos meus olhos pareciam gotas de chuva que caia do telhado de uma casa. Assim foi meu primeiro dia sem você. No entanto, nos outros dias da semana antes da missa do sétimo dia foram intensas no meu coração, no meu pensamento. Por um instante as lembranças começaram a aparecer no dia em que o senhor falava com Deus antes do amanhecer do sol, o dia quando eu estava saindo para a escola. 1 Aquelas lembranças saiam como reflexo no espelho em meu coração ao sentir aquela fala que sai dos meus pensamentos. A simplicidade diante das minhas lembranças.

1 Na sua aflição, clamaram ao Senhor, e Ele os tirou da tribulação em que se encontravam. Reduziu a tempestade a uma brisa e serenou as ondas. “As ondas sossegaram, eles se alegraram, e Deus os guiou ao porto almejado”.


SALMOS, 107: 28-30

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

A CRIAÇÃO

     Ano 2005: Viver é desafiador na medida em que viver é buscar um sentido para a própria existência. Eu tive realmente uma dificuldades para buscar a Deus de todo meu coração e, ainda tento buscar Ele em cada momento,  estando com a minha vida completamente entregue no seu caminho, mas as dificuldades da vida atrapalha inumeras as vezes essa presença do Senhor, mas a luta tem que continuar. No entanto, o grupo de teatro João Paulo II vem me dando força a cada dia na busca de Cristo. Agradeço muito meus amigos, Josieudes, Heloisa, Andréia, Aderbal, Very, Felipe Leitão, Samuel, Artu, Aline e tantos outros. Cada um deles me mostrou uma esperança de viver em família, em comunidade, na presença de Deus. Assim escrevo todos os dias, meses, anos na presença de pessoas que busca um caminho diante do Senhor Jesus Cristo. O livro de Gênesis a criação, mostrou o inicio de tudo nesse mundo.